Oposição: petição online vai pedir impeachment de Dilma

Líderes do movimento vão colocar na internet  site interativo que terá em destaque uma petição eletrônica pró-afastamento da presidente.

Grupo deve tomar por base o pedido de impeachment protocolado pelo ex-petista Hélio Bicudo.

Fonte: Folha de S.Paulo

Impeachment de Dilma: oposição vai usar petição online para pedir

Primeiro passo para esta estratégia é o movimento pró-impeachment. Foto: Fábio Seixo / O Globo

Oposição pede na internet apoio para o impeachment

Movimento pró-afastamento de Dilma será lançado nesta quinta-feira (10)

Deputados de oposição iniciam oficialmente nesta quinta-feira um movimento que tem o objetivo de apresentar, em 15 dias, um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Esse é o prazo que políticos à frente do movimento favorável ao afastamento da petista acreditam precisar para garantir apoio político suficiente para fazer a proposta sair do papel.

O primeiro passo para esta estratégia é o movimento pró-impeachment, que será lançado na manhã desta quinta (10). Os líderes da ação vão colocar na internet um site interativo que terá em destaque uma petição eletrônica pró-afastamento da presidente. Eles esperam que, com pressão popular, mais deputados abracem a ideia.

A iniciativa é encabeçada pelos líderes do PSDB, Carlos Sampaio (SP); do DEM, Mendonça Filho (PE); da minoria, Bruno Araújo (PSDB-PE); e do PPS, Rubens Bueno (PR), e tem o apoio velado do presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG).

A opção por criar um movimento pró-impeachment se deu para tentar angariar o apoio de integrantes de partidos aliados ao governo. O movimento já conta com apoios no PMDB, partido do vice Michel Temer.

O grupo deve tomar por base algum dos pedidos de afastamento de Dilma da Presidência já apresentados na Câmara. O favorito é de um dos fundadores do PT, o advogado Hélio Bicudo, que protocolou um documento semana passada na Câmara no qual argumenta que a petista não tem condições de se manter no cargo.

O teor jurídico seria complementado pelo ex-ministro da Justiça Miguel Reale Jr. (governo FHC, 2002) e assinado por um parlamentar. O nome mais cotado até o momento para assumir a coautoria da proposta é o deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG).

Também foram convidados para participar do ato desta manhã os presidentes do DEM, senador José Agripino (RN), e do PSDB, Aécio Neves, além de Ronaldo Caiado (DEM-GO), único que confirmou presença até o fechamento desta edição.

SCRIPT

Um acordo prévio já costurado com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem cabe encaminhar pedidos do gênero, prevê que ele indeferirá a solicitação para se isentar do ônus político de arcar sozinho com a decisão.

Em seguida, um deputado entraria com um recurso para contestar o que foi decidido por Cunha, o que levaria o pedido a ser apreciado pelo plenário da Câmara. A oposição precisa de maioria simples dos presentes para dar prosseguimento ao caso.

Se a maioria votar a favor do andamento do processo, é formada uma comissão especial para elaborar um parecer a ser apreciado pelo plenário. Nesta votação, são necessários dois terços de votos favoráveis ao impeachment para afastar a presidente. Caso 342 deputados avalizem a proposta, Dilma é afastada e o caso vai a julgamento no Senado.

PIXULECO

Deputados de oposição receberam do movimento Revoltados Online mini-Pixulekos, bonecos infláveis com a imagem do ex-presidente Lula vestido de presidiário.

Anúncios

Publicado em 10/09/2015, em Política e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: