População faz novo panelaço em protesto contra mentiras do PT na TV

Pela terceira vez em dois meses, pessoas foram às janelas bater panelas em capitais como Rio, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Belém, Fortaleza e Recife.

Movimento manifestou descontentamento com o governo.

Fonte: O Globo

PT mente na TV e população promove panelaço em todo país

O PT foi alvo na noite desta terça-feira de novo panelaço durante a exibição do programa do partido em cadeia nacional de televisão. Foto: Alex Silva / Estadão

Panelaços contra o PT acontecem em todas as regiões do país durante propaganda na TV

Presidente não falou no programa e apareceu apenas duas vezes em que são citadas obras do governo

O PT foi alvo na noite desta terça-feira de novo panelaço durante a exibição do programa do partido em cadeia nacional de televisão. Pela terceira vez em dois meses, pessoas foram às janelas bater panelas em capitais como Rio, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Belém, Fortaleza e Recife para manifestar descontentamento com o governo. Também foram registrados buzinaços e lançamento de fogos de artifício em algumas cidades.

O PT informou que não se pronunciará sobre o panelaço. Militantes foram estimulados a promover um tuitaço na internet com o termo “#ToNaLutaPeloBrasil” como resposta. A hashtag ficou no trending topics do Twitter Brasil na noite desta terça-feira.

No Rio, foram registrados panelaço em Ipanema, Copacabana, Jardim Botânico, Botafogo, Flamengo, Tijuca, Leme, Copacabana, Lagoa, Grajaú e em alguns condomínios da Barra da Tijuca.

No Leme, o panelaço tomou conta do bairro um minuto após o início da propaganda. Foram ouvidos muito gritos de “Fora, Dilma” e muitos ataques ao ex-presidente Lula, chamado de “ladrão” ao surgir na TV. Alguns moradores do bairro soltaram fogos.

Em Copacabana, o protesto também fez bastante barulho, acompanhado de gritos de “fora PT“. O som intenso das panelas foi ouvido durante todo o programa e acompanhado por motoristas buzinando nas ruas. O protesto continuou quase dois minutos após o término da propaganda partidária na TV.

No estado do Rio, os municípios de Angra dos Reis e Niterói também tiveram panelaços.

Em São Paulo, panelaços foram ouvidos em diversos bairros. Na Zona Sul, no conjunto de alto padrão do Real Parque, no Campo Belo e na Vila Clementino. Na Zona Oeste, em Perdizes, Pinheiros, e Jardins, regiões de classe média e classe média alta. Na Lapa e na Vila Romana, em vez de panelas, manifestantes adotaram cornetas, buzinas e fogos para protestar.

Na Zona Leste, panelas foram ouvidas no bairro de classe média da Móoca e do Tatuapé. Também houve manifestações no centro, na região da República e de Higienópolis. A reportagem não encontrou registros de protestos na periferia ou em regiões pobres da capital. Em bairros nobres dos municípios de Santos, Guarulhos, Campinas e Ribeirão Preto também houve manifestações com panelas.

Moradores de pelos menos cinco regiões de Brasília também se juntaram ao protesto. Em Águas Claras, Asa Norte, Asa Sul, Guará e Sudoeste, eles batiam panelas das janelas e também soltavam fogos. Nas ruas, motorisatas buzinavam e pessoas gritavam “fora PT“.

A professora Vera Franca, de 54 anos, voltava das comprar e participou do buzinaço contra o partido:

– Estou protestando porque tudo hoje está um absurdo. Você vai comprar qualquer coisa e o preço está nas alturas – disse.

Em Porto Alegre, teve bateção de panela no bairro Moinhos de Vento, onde se concentraram os atos pró-impeachment. Em outros bairros, pouca coisa se ouviu, apenas nos bairros nobres, como Petrópolis e Independência.

Em Fortaleza (CE), o panelaço aconteceu na Praia do Futuro e no bairro Meireles.

A oposição comemorou o panelaço, organizado pelas redes sociais. O presidente nacional do Democratas, senador José Agripino (RN), disse que o protesto é a prova de que, para o povo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a presidente Dilma Rousseff e o PT são uma coisa só.

– Que papelão! Eles não conseguiram escapar do panelaço. Só conseguiram adiar do dia 1º para o dia 5 de maio. As vaias são a prova de que, para o povo, Lula, Dilma e o PT são uma coisa só – ironizou o democrata.

Anúncios

Publicado em 06/05/2015, em Gestão, Gestão deficiente, Gestão do PT, Governo do PT, Política e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: