Guerrilha virtual: PT quer usar dinheiro do fundo partidário para reforçar ações na internet

Análise interna que vazou esta semana afirma que aliados do Planalto estão levando uma “goleada” da oposição nas redes sociais.

PT tenta reverter o desgaste

Fonte: O Globo 

PT quer usar dinheiro do fundo partidário para reforçar ações da guerrilha virtual

Segundo fontes do PT, o partido pretende usar parte do fundo partidário para reforçar sua atuação nas redes sociais. Divulgação

PT quer usar fundo partidário para reforçar atuação nas redes

Após vazamento de análise interna, partido tenta reverter desgaste do governo Dilma

Detentor da maior fatia do fundo partidário, o PT aumentou de R$ 38,7 milhões para R$ 116 milhões o montante que receberá este ano, depois que o Congresso triplicou, em votação na última terça-feira, os recursos destinados para essa finalidade no Orçamento da União. O cálculo foi feito a pedido do GLOBO pela Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados. Segundo fontes do PT, o partido pretende usar parte desse dinheiro para reforçar sua atuação nas redes sociais, no momento em que a sigla, assim com o governo Dilma Rousseff, sofre forte rejeição. No Orçamento da União de 2015, a verba do fundo partidário passou de R$ 372 milhões para R$ R$ 867,56 milhões.

O PT tenta reverter o desgaste. Análise interna, que teria sido feita pela Secretaria de Comunicação da Presidência, e que vazou esta semana, afirma que aliados do Planalto estão levando uma “goleada” da oposição nas redes sociais. E aponta como um dos motivos a desmobilização nas redes após a reeleição de Dilma.

“A partir de novembro, as redes sociais pró-Dilma foram murchando até serem quase extintas. Principal vetor de propagação do projeto dilmista nas redes, o site Muda Mais acabou. Os robôs que atuaram na campanha foram desligados e a movimentação dos candidatos do PT foi encerrada”, diz o documento, que Dilmatrata como não oficial.

Durante a campanha de Dilma à reeleição, o comando do comitê eleitoral petista negou que estivesse utilizando robôs, sistema que publica mensagens automáticas com o intuito de elevar a popularidade nas redes sociais, e acusou o adversárioAécio Neves (PSDB) de lançar mão desse expediente.

Em segundo lugar na distribuição do fundo partidário, o PSDB terá um reforço de caixa de R$ 63,4 milhões, passando de R$ 31,7 milhões para R$ 95,1 milhões. A maior parte do fundo partidário, 95%, é distribuída de acordo com os votos recebidos na última eleição para a Câmara dos Deputados; e os 5% restantes são divididos igualmente entre todos os partidos. O líder do bloco de oposição no Senado, Álvaro Dias (PSDB-PR), criticou o aumento do Fundo Partidário e disse que a presidente Dilma deveria vetá-lo:

— Isso só aumenta a parafernália partidária. A decisão está na contramão dasmanifestações. É um momento de crise, o governo dá calote em setores importantes. O quadro partidário está contaminado, alguns são acusados de receber dinheiro em lavagem, e o Congresso aprova um aumento da verba? Isso é um desrespeito.

A verba do PMDB passará de R$ 30,9 milhões para R$ 92,6 milhões. O fundo pode ser utilizado em campanha, propaganda política, pagamento de pessoal até o limite de 50% e manutenção de sedes e serviços. Cada partido tem que aplicar, no mínimo, 20% em institutos e fundações de pesquisa e educação política. O PT tem aFundação Perseu Abramo; e o PSDB, o Instituto Teotônio Vilela.

Anúncios

Publicado em 20/03/2015, em Nordeste e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: