Aécio propostas: ampliar horário de creches e pré-escolas

O objetivo é dar tempo suficiente para que as mães possam pegar seus filhos nesses locais, já que o trânsito das cidades atrapalham.

Eleições 2014

Fonte: PSDB

Aécio vai ampliar horário de creches e pré-escolas

Aécio: “As creches, que não foram construídas neste governo, serão construídas e ficarão abertas até às 20h”. Foto: Marcos Fernandes.

Aécio promete ampliar horário de creches e pré-escolas

O candidato quer estender licença-maternidade para que mães acompanhem os recém-nascidos no hospital

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, reafirmou nessa quinta-feira (23/10), no Rio de Janeiro (RJ), seu compromisso com iniciativas que beneficiem diretamente a mulher trabalhadora e prometeu ampliar o horário de atendimento das creches e das pré-escolas públicas até às 20h em todo o país. O objetivo, segundo ele, é dar tempo suficiente para que as mães possam pegar seus filhos nesses locais, já que o trânsito das cidades e outras dificuldades de deslocamento atrapalham a vida dessas famílias hoje.

“[No nosso futuro governo], as creches, que não foram construídas neste governo, serão construídas e ficarão abertas até às 20h. Todas as creches públicas terão seu horário estendido, em razão das modificações claras que existem hoje no cotidiano das famílias”, afirmou Aécio em entrevista à imprensa, acrescentando que o mesmo valerá para pré-escola.

Em seguida, Aécio acrescentou que: “Nós estamos adaptando o funcionamento desses espaços de proteção da criança até um horário mais compatível com a realidade contemporânea das mães e das famílias”.

O candidato explicou que a demanda pela ampliação do horário foi encaminhada por mães de várias partes do Brasil, em especial do Nordeste, e foi incorporado ao programa de governo da coligação.

Licença-maternidade

Aécio assumiu também o compromisso de garantir uma lei que amplie a licença-maternidade de mães cujos filhos recém-nascidos ficam internados logo após o nascimento por algum problema de saúde, baixo peso ou outros motivos. Aécio disse que o tempo da licença maternidade começará a contar somente depois que a criança deixar o hospital.

“Parto de uma experiência pessoal recente que tive, mas também de uma demanda que recebi de varias mães”, explicou ele, referindo-se ao fato de seus filhos que nasceram prematuros em junho – Bernardo e Julia – terem ficado internados. “Nós vamos garantir que a licença-maternidade passe a contar apenas a partir do momento em que o filho que tenha tido algum tipo de problema saia da rede hospitalar. Assisti inúmeros casos de mães que perderam seu emprego porque seus filhos ficaram dois, três, em muitos casos, mais meses internados”, afirmou o candidato.

Aécio também reafirmou seu compromisso com a melhora da qualidade de ensino das escolas públicas. “Nós queremos uma escola que valorize, que capacite os professores e que ensine os alunos”, disse. Ele reiterou a necessidade de implantar nacionalmente o programa Poupança Jovem, criado durante seu governo em Minas Gerais. A inciativa concede uma bolsa de estudo para que jovens que deixaram a escola retornem aos estudos.

Combate às drogas

Questionado sobre suas propostas para combater as drogas em território nacional e tratar os usuários, Aécio explicou que o primeiro passo é exatamente impedir que os entorpecentes entrem tão facilmente no Brasil, sem ação dos países vizinhos para coibir o tráfico.

“A Bolívia, por exemplo, produz quatro vezes mais folha de coca do que usa para o seu consumo nos seus altiplanos. Isso é uma sinalização clara de que não há ali uma preocupação desses países, talvez até uma vista grossa”, disse Aécio.

Aécio lamentou a falta de investimentos do atual governo na Polícia Federal e em ações que impeçam que as drogas cheguem ao território brasileiro.

“Controlar as nossas fronteiras, com investimentos na Polícia Federal, que tem o pior orçamento de investimentos dos últimos cinco anos, fortalecer as Forças Armadas, para que elas possam, também profissionalizadas e valorizadas, ser um instrumento parceiro da Polícia Federal no controle das nossas fronteiras”, afirmou o candidato.

No caso do tratamento aos usuários de drogas, Aécio se comprometeu a ampliar experiências dos governos de Minas Gerais e São Paulo. “Nós vamos ampliar Brasil afora as clínicas de recuperação, em parceria não apenas com o setor público, mas em parceria com ONGs, com igrejas, que podem ajudar o Estado a cumprir esse papel que, solitariamente, não cumpre”, afirmou.

 

Anúncios

Publicado em 24/10/2014, em Aécio Neves, Aécio Neves: 2014, Aécio oposição, Aécio presidente, Eleições 2014, Política, segundo turno e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: