Governo do PT tem absoluto desprezo pela ética, diz Aécio

“O desprezo desse governo com a ética é algo absurdo. O governo do PT deseduca os brasileiros”, disse. “Ninguém aguenta mais o que está aí.”

Eleições 2014

Fonte: Folha de S.Paulo

 

Aécio: Governo e PT têm desprezo pela ética

Aécio: PT tem “absoluto desprezo pela ética” e “complacência com a corrupção”. Foto: George Gianni

Governo e PT têm desprezo pela ética, diz Aécio em SP

Tucano concentra ataques em Dilma para atrair eleitores que a rejeitam

PSDB se anima com terceira queda seguida de Marina no Datafolha; candidato deixou ato após tumulto ontem

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, investiu suas fichas no ataque à conduta do PT e ao governo da presidente Dilma Rousseff. A menos de dez dias do primeiro turno, o tucano focou a artilharia na petista, na tentativa de atrair eleitores que a rejeitam.

Nessa sexta (26), ele disse que o PT tem “absoluto desprezo pela ética” e “complacência com a corrupção“.

Aécio falou sobre o assunto ao ser questionado sobre o escândalo da Petrobras. “O desprezo desse governo com a ética é algo absurdo. O governo do PT deseduca os brasileiros”, disse. “Ninguém aguenta mais o que está aí.”

O tucano está em terceiro lugar na disputa, com 18% dos votos segundo o Datafolha divulgado nesta sexta. Apesar de ter crescido apenas um ponto em comparação à pesquisa anterior, aliados disseram que o resultado é bom para Aécio.

O que animou os tucanos foi a terceira queda consecutiva dos números de Marina Silva (PSB), que agora está 13 pontos atrás de Dilma. Para o PSDB, esse cenário enfraquece a tese do voto útil, o que poderia ajudar Aécio a somar pontos na reta final.

AGRESSÃO

O tucano falou com a imprensa antes de iniciar ato de campanha em Taboão da Serra (SP). Ele havia programado caminhada, mas interrompeu a atividade. Houve tumulto entre seguranças que acompanhavam a equipe tucana e jornalistas. O fotógrafo da agência de notícias AP André Penner foi espancado por ao menos três homens.

Eles não se identificaram, mas Penner reconheceu dois dos agressores, que estavam na comitiva da deputada Analice Fernandes (PSDB).

Além de Aécio, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) estava no local. Eles não viram a confusão. Em nota, o PSDB disse “repudiar” o ato.

Anúncios

Publicado em 27/09/2014, em Aécio Neves, Aécio Neves, Aécio Neves: 2014, Aécio oposição, Eleições 2014, Governo do PT, Política e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: