Plug Minas: programa criado por Aécio garante mais oportunidades aos jovens

Aécio Neves em Minas possibilitou à juventude condições para enfrentar o aumento da criminalidade, a falta de oportunidades e o desemprego.

Eleições 2014

Fonte: PSDB

Plug Minas, criado por Aécio Neves, garante mais oportunidades e futuro melhor para jovens

Centro de Formação e Experimentação Digital, instalado em espaço onde funcionava a Febem, já atendeu 6 mil jovens em cinco anos

Investir na formação e no conhecimento como forma de afastar os jovens, especialmente aqueles que residem em áreas mais vulneráveis socialmente, de ações criminosas. Em Minas, um projeto transformador implantado por Aécio Neves no Governo de Minas possibilitou à juventude condições para enfrentar o aumento da criminalidade, a falta de oportunidades e o desemprego. Com o Centro de Formação e Experimentação Digital, o Plug Minas, estudantes da rede estadual de ensino ou aqueles que concluíram o ensino médio na rede pública, tiveram uma nova perspectiva e a garantia de um futuro melhor.

Instalado no espaço onde funcionou durante anos a antiga Febem, o Plug Minas oferece aos jovens, com idade entre 14 e 24 anos, oficinas gratuitas de design digital, teatro, dança, música, aulas de idiomas e culturas do mundo e ainda de empreendedorismo. Além de promover mais conhecimento e novas habilidades técnicas, o Plug Minas contribui para que os jovens sejam cidadãos capazes de conduzir o seu próprio futuro.

O Plug Minas é formado por seis núcleos desenvolvidos em parceria com empresas privadas e instituições da sociedade civil. São eles: Caminhos do Futuro, Núcleo de Empreendedorismo Juvenil, Laboratório de Culturas do Mundo, Oi Kabum!, Valores de Minas e o Núcleo de Planejamento e Gestão.

Transformação

Desde que foi criado em 2009, mais de 6 mil jovens já passaram pelo Plug Minas. Guilherme Menezes, 21 anos, é um deles. Ele estudou no núcleo de empreendedorismo e, hoje, cursa Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas. Guilherme sente-se realizado com a experiência no Plug Minas e já desenvolve o seu próprio projeto de negócio.

“O Plug não forma só profissionais e artistas, forma cidadãos, pessoas do bem que podem transformar a realidade. Normalmente, a sociedade olha o jovem como problema e aqui dentro olham os jovens como solução. Aqui me formei não apenas profissionalmente, mas como pessoa. Passei a acreditar mais em mim, nas pessoas, em uma sociedade mais justa e também numa educação de qualidade. Quero ser empreendedor, estou desenvolvendo uma startup. Antes do Plug a palavra que me guiava era indecisão, hoje, é transformação”, disse.

Yago Ferreira, 19 anos, é também aluno do núcleo de empreendedorismo. Além de estudar Direito, ele dá aulas particulares para estudantes do ensino fundamental.

“Em todos os cursos eles ensinam que não precisamos esperar das pessoas, que cada um pode transformar o lugar que está. Quero ser diplomata e estudo inglês sozinho, porque falaram que eu era capaz. Hoje, a palavra coletivo faz parte da minha vida”, afirmou.

Bianca Ribeiro estuda fotografia no Oi Kabum!, núcleo voltado para as artes visuais, e afirmou que o Plug Minas contribuiu até mesmo para melhorar o relacionamento em casa.

“Aqui descobri a arte e como ela é magnífica. Hoje, estudo artes visuais com ênfase em fotografia na escola Oi Kabum. Na minha família mudou muita coisa, uniu todo mundo. Este projeto transforma vidas,” disse.

A ex-aluna do Plug Minas e, hoje, professora de circo, Jocasta da Cruz Roque, 26 anos considera fundamental a continuidade do programa para formar novos jovens.

“Sempre sonhei em ser artista. Hoje eu sou professora e líder de uma trupe de circo. A arte contagia e hoje minha mãe e irmã fazem dança. Este projeto não pode acabar,” afirmou.

Espaço moderno

O espaço, antes vinculado à tristeza e opressão, em que os jovens viviam confinados e eram estigmatizados pela violência, é hoje lugar de alegria, aprendizado, crescimento profissional e pessoal. O Plug Minas está instalado em um terreno de 67 mil metros quadrados, com muitas árvores e galpões modernizados e coloridos onde são realizados cursos e oficinas. Todas as atividades são gratuitas e os estudantes, ou ex-estudantes, de escolas públicas de Belo Horizonte e da Região Metropolitana ainda recebem alimentação, uniforme, material didático e, se necessário, vale-transporte.

O diretor teatral e ex-diretor do centro de formação, Carlos Gradim, destaca o poder transformador do Plug Minas para os jovens mineiros.

“Me orgulho de ter participado da implantação do Valores de Minas e do Plug Minas. Mudou muito a minha vida e a dos jovens também. A arte é um instrumento, uma ferramenta para tocá-los e transformá-los, porque eles são livres para criar, para se encontrar, inclusive, para olhar para a própria realidade e saber que só eles podem mudá-la. Os jovens se modificam e, consequentemente, modificam sua família também,” disse.

Atenção especial para a Juventude

Governador de Minas de 2003 a 2010, Aécio Neves destacou que os jovens atendidos no centro têm hoje melhores condições de olhar para o futuro e fazer as suas próprias escolhas.

“O jovem brasileiro sofre hoje com a falta de oportunidades e de perspectivas para o futuro e assim fica desestimulado e sem condições de planejar o rumo da sua vida. Ele convive muito de perto com a ameaça das drogas, com a violência. Esse foi o motivo pelo qual, durante o meu governo em Minas, busquei criar uma série de programas para esses jovens, para que eles enxergassem uma nova oportunidade no futuro e um rumo diferente na vida. O Plug Minas é um desses programas, assim como o Fica Vivo!, e o Poupança Jovem”, disse.

Criado em 2003, o Fica Vivo! se transformou em uma das ações mais bem sucedidas em execução no país na prevenção à violência. O programa obteve reconhecimento internacional pelo exemplo bem sucedido de prevenção à violência e redução da criminalidade. Atualmente, atende jovens de 12 a 24 anos em 35 centros no Estado.

O Poupança Jovem, implantado em 2007, já beneficiou mais de 100 mil jovens em Minas. Com investimentos de mais de R$ 380 milhões, oferece poupança de R$ 3 mil para que os jovens mantenham-se nas escolas e tenham possibilidade de ao final do curso dar continuidade aos estudos ou abrir um negócio próprio.

Conheça os núcleos do Plug Minas

Caminhos do Futuro – espaço de exposição das atividades produzidas no Centro de Formação e de divulgação das iniciativas que dialoguem com essas atividades, contribuindo para o processo de aprendizagem do jovem);

Núcleo de Empreendedorismo Juvenil – voltado para capacitar os jovens para o mercado do trabalho com o foco no empreendedorismo);

Laboratório de Culturas do Mundo – promove o ensino de idiomas considerando que os estudantes devem mergulhar na cultura da língua alvo para compreenderem melhor seu funcionamento e suas características

Oi Kabum! – atua junto à juventude popular urbana, realizando formação em linguagem multimídia;

Valores de Minas – oferece aos jovens aulas de arte em cinco linguagens: artes visuais, circo, dança, música e teatro;

Núcleo de Planejamento e Gestão – responsável por oferecer suporte às atividades dos outros núcleos.

Anúncios

Publicado em 24/09/2014, em Aécio Neves, Eleições 2014, Gestão, Gestão Eficiente e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: